Deus Não Quer!

 Em 2 Pedro 3:9 o apóstolo diz algo no sentido de que Deus “não quer que ninguém pereça”. Este é o verso favorito de muitas pessoas, e um hino ou uma canção sacra já foi escrito com base nessas palavras.

 O motivo pelo qual as pessoas gostam desse verso é que ele mostra a misericórdia de Deus; e sem a misericórdia de Deus todos nós estamos perdidos. Mas se esse verso ensina uma preciosa verdade, ele dever ser citado corretamente e por completo. Quando o diabo tentou Cristo, ele citou o Salmo 91, mas ele torceu o seu sentido, omitindo parte de uma frase e aplicando erroneamente o restante dele.

 Semelhantemente, muitas pessoas que citam 2 Pedro 3:9 omitem a principal parte do verso e aplicam erroneamente o restante dele. Estes citam o verso como se ele dissesse: “Deus não quer que ninguém pereça”. Então, uma vez que o Salmo 135:6 diz que “o Senhor faz tudo o que lhe agrada”, e em Isaías 46:10 Deus diz “eu farei tudo o que me agrada”, portanto ninguém está perdido e todas as pessoas são salvas. Deus não quer que ninguém pereça; Ele faz tudo o que lhe agrada; portanto Ele salva todas as pessoas.

 No entanto, a Bíblia deixa claro que nem todo mundo é salvo. A Bíblia também deixa claro que Deus é onipotente e que Ele faz tudo o que lhe agrada. Por isso, deve haver algum erro de interpretação envolvido na omissão da principal parte deste verso de Pedro.

 Seria melhor ler atentamente todo o capítulo sem omitir nada. Pedro está respondendo uma objeção à segunda vinda de Cristo. Os descrentes argumentam: Todas as coisas têm acontecido normalmente desde o início da criação; elas vão continuar seu curso natural; e nenhuma intervenção catastrófica ocorrerá para culminar a história.

 Pedro responde que as coisas nem sempre seguiram o seu curso natural. Em uma ocasião Deus inundou o mundo e destruiu os ímpios. Portanto, a interpretação naturalista da história é errônea.

 Essa resposta levanta outra pergunta. Por que Deus não envia Cristo imediatamente e destrói os ímpios? Essa pergunta pode ter sido feita por cristãos que estavam sofrendo perseguição. De qualquer forma, Pedro definitivamente se dirige aos cristãos e diz: O Senhor “é paciente para com vocês (a.v.: para conosco), não querendo que ninguém (de vocês, ou, de nós) pereça”.

 A palavra ninguém nessa passagem não se refere a ninguém em geral, mas a ninguém dos cristãos. A partir de outros textos na Bíblia, nós podemos dizer que Pedro ensina que o mundo continuará, e Cristo não retornará, até que todos aqueles que o Pai deu ao Filho na eternidade tenham vindo a Ele no tempo. Se o mundo acabar muito em breve, alguém escolhido no Amado antes da fundação do mundo perecerá. Deus não permitirá essa calamidade, pois Ele não quer que ninguém dos eleitos pereça.

 Portanto, louvemos a imerecida misericórdia de Deus, que tarda o culminar catastrófico da história a fim de que o último dos eleitos seja salvo.

 _______________

Autor: Gordon Clark.

Tradutor: Thiago McHertt.

Texto Original: Gordon Clark Foundation.

Fonte: http://www.firelandmissions.com/#!Deus-Não-Quer/c12xy/55353d690cf2adc1acd5006a

Anúncios